Conteúdo Principal
As lições que Game Of Thrones deixa para o Marketing
nell comunicacao
12 jun 2019

As lições que Game Of Thrones deixa para o Marketing

Game Of Thrones por si só já é um case de sucesso tanto nos livros, quanto na televisão. As crônicas de “Gelo e Fogo” por oito temporadas entreteve o público mundial, misturando uma serie de emoções.

Gostando ou não da conclusão, há muito o que falar do marketing envolvendo a serie da HBO. Não é de hoje que o canal americano utiliza grandes produções para abordar temas variados e alguns pertinentes ao cotidiano.

Alerta: Se você não acompanhou a última temporada, aqui tem alguns spoilers!

Game Of Thrones como ferramenta de marketing

A história criada por R.R. Martin nunca foi tão viva para os fãs quando a HBO anunciou que faria uma adaptação do livro para a TV. Com roteiros bem estruturados e personagens icônicos a serie ganhou o público instantaneamente.

Mas o sucesso não seria possível apenas com elenco qualificado e bom entretenimento. Existe todo um trabalho de bastidores, divulgação e social media que fizeram a diferença.

A HBO entendeu a necessidade dos fãs em sempre buscarem por conteúdo extra e de certa forma, se manter inteirado com a obra. Para isso foram criados em cada rede social, um canal apenas para a serie.

Para efeitos de comparação, a página oficial da HBO no Facebook possui mais de 12 milhões de adesões, só a página da serie alcançou 23 milhões de pessoas pelo mundo.

Com conteúdos específicos para os fãs, como vídeos de bastidores, teaser dos episódios seguintes, interação com jogos na plataforma mobile, desktop e vídeo game, a HBO mostrou que não está para brincadeira quando se trata de marketing.

O marketing reverso de Game Of Thrones

Os últimos episódios foram marcados por despedidas e também por erros bizarros de filmagem que obviamente, encheram a internet de memes. Os principais foram o episódio do copo de café do Starbucks e também de uma garrafa de água nos últimos momentos de tela da serie.

Ao invés de apenas se desculpar com o famoso “erramos” a HBO decidiu entrar na brincadeira, tratando com naturalidade uma falha. O mesmo aconteceu com o copo de água.

Além de fazer mea culpa, os atores foram muito bem orientados a tratar com bom humor perguntas desconfortáveis. O maior exemplo é a entrevista de Sophie Turner (Sansa Stark) para o talk show de Jimmy Kemmel da emissora americana ABC.

Quando questionada sobre o evento, a atriz se limitou apenas a tirar sarro da situação e dizer que a culpa foi de sua colega Emilia Clarke (Daenerys Targaryen), por ter levado o copo de café ao set.

O que aprendemos com a HBO

Mais do que abordar termos técnicos, falar de procedimentos e tentar aplicar estratégias, a HBO assumiu o lado humano do negócio, se preocupando diretamente com o consumidor final e não propriamente com patrocinadores e acionistas.

A emissora entendeu que tudo acontece de forma natural se você incluir o público na história e ouvir suas opiniões.  

A lição que fica para nós do marketing é que não adianta tentar agradar quem investe sem se preocupar diretamente com quem está recebendo a mensagem, ter noção de todo o processo da experiência do usuário é vital para cases de sucesso. E você? Gostou de Game Of Thrones? Nos conte  nos comentários quais lições tirou da serie!

Posts Relacionados

Nell 10 anos: um panorama da agência especializada em Logística e em Comércio Exterior

Comemore conosco! Criada em 2007, a Nell Comunicação Integrada, uma empresa especializada no segmento de...

Intermodal! tudo o que você precisa saber sobre o maior evento de Logística e Comércio Exterior

A Feira Intermodal é o maior evento dentro dos setores de Logística e Comércio Exterior,...

Dicas da Equipe da Nell para passeios em SP, no feriado prolongado!

Quem não gosta de aproveitar o feriadão para fazer um programa diferente...? Por esse motivo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*